untitleddesign_1_original-56.jpg

Nesta página serão apresentadas notícias concernentes a eventos, tais como comunicações, seminários, minicursos, jornadas etc. que versem sobre estudos desenvolvidos acerca de representações e/ou manifestações literárias de literaturas do/no Norte, organizados ou que contem com a participação de membros desta linha de pesquisa. 

Simpósio -
Representações literárias no/do Norte: espaços e tramas durante o século XIX

Coordenação:
Prof. Dr. Valdiney Valente Lobato de Castro (Unifap)
Prof. Dr. Yurgel Pantoja Caldas (Unifap)

 

O simpósio faz parte das ações do I Colóquio Nacional Literatura, Memória e Cultura, organizado pelo Núcleo de Estudos Literários e pelo Programa de Pós-Graduação em Letras: Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Ouro Preto. Inscrições e maiores informações no seguinte endereço:

Uma breve análise das histórias literárias revela o quanto a Literatura produzida na Região Norte detém um espaço diminuto, o que pode sugerir uma manifestação literária reduzida. Todavia, desde meados do século XIX, a Província do Grão Pará lança seu primeiro jornal e a partir daí surgem os folhetins de autores de diferentes partes do país. Apesar de estar distante do polo econômico e letrado do país, a leitura desde muito cedo fez sucesso no Norte, garantindo vasta produção literária e angariando um número significativo de leitores. Além disso, a diversidade fisiográfica, cultural e social permite compreender as manifestações literárias da/na região Norte como uma pluralidade de culturas hibridamente entrelaçadas – razão pela qual a relação do homem com o texto é permeada por relações muito diversas, o que provoca uma necessidade de discutir questões relativas à literatura (como leitura, produção, recepção e circulação do texto literário), bem como a construção de identidades do Norte do Brasil (baseada tanto nas relações desenhadas entre centros, margens e periferias quanto no papel de livreiros, escritores e leitores, que compõem o mercado editorial). Diante disso, este simpósio pretende estimular o debate em torno das representações literárias da/na região Norte durante o século XIX.

Simpósio -
Entre o Cânone e o Esquecimento: processos de (não) canonização de autores e obras

Coordenação:

 

Prof. Dr. Alan Victor Flor da Silva (Colégio Militar de Belém, CMBEL, Belém)
Prof. Dr. Valdiney Valente Lobato de Castro (Unifap / UERJ)
Prof. Dr. Yurgel Pantoja Caldas (Unifap)

tempFileForShare_20210903-123745.jpg

Simpósio -
Literaturas do Norte: Produção, Recepção, Representação

Coordenação:

Prof. Me. Marcos Paulo Torres Pereira (UNIFAP)
Prof. Dr. Valdiney Valente Lobato de Castro (UNIFAP)

Resumo: Por mais que as discussões sobre a literatura na e sobre a região norte tenham se ampliado no último século, a imagem de exotismo e atraso ainda caracteriza a representação nacional que se construiu sobre a região. As diversidades culturais, fruto dos diferentes tipos de imigrantes; as relações sociais impactadas pela rica e singular fisiografia; e o imaginário construído por meio de crenças e lendas possibilitam a produção de composições literárias múltiplas, marcadas por traços sociais e culturais que, simultaneamente, revelam e contribuem para a construção da(s) identidade(s) do homem do norte do país. Diante dessa riqueza, se entrechocam e se entrecruzam, no processo de produção e recepção, a opulência dessa literatura múltipla e o complexo cenário por ela retratado e por onde ela circula. O intuito principal deste simpósio repousa exatamente nessa necessidade: proporcionar visibilidade a essas obras literárias, portanto serão acolhidos trabalhos na seara da literatura comparada, da teoria da literatura, da história da literatura, da circulação literária, dos estudos culturais, das relações entre literatura e outras artes, desde que relacionados ao contexto da região norte, nas suas literaturas escritas, orais, indígenas e ribeirinhas.

Simpósio -
Literaturas do Norte: Produção, Circulação e Representação

Coordenação:

Prof. Me. Marcos Paulo Torres Pereira (UNIFAP)
Prof. Dr. Valdiney Valente Lobato de Castro (UNIFAP)

Resumo: Desde o início do século XIX, quando a imprensa foi autorizada no Brasil, o norte mostrou seu interesse pela leitura. Nas páginas dos jornais das principais províncias desfilavam prosa de ficção, poesia, crítica literária, crônicas, peças teatrais e debates literários produzidos copiosamente por homens do norte. Esses periódicos circulavam em todo o território brasileiro, graças ao intenso movimento dos navios, alcançando as províncias mais longínquas. Belém e Manaus, fortalecidas com o progresso proveniente da extração da borracha, no final do século XIX, publicaram seus primeiros livros e jornais. Com a implantação do regime republicano e a demarcação dos estados da região norte, as folhas públicas passam a ser produzidas por todas as capitais do país e rapidamente a literatura passa a ganhar mais espaço tanto nas páginas impressas quanto nos espaços de leitura que cresciam significativamente. É considerando esse intenso desenvolvimento, somado à percepção da diversidade cultural, social e fisiográfica do norte que repousa o objetivo principal do simpósio: estimular o debate em torno da produção, circulação e recepção da literatura na/da região Norte.

WhatsApp Image 2021-10-07 at 12.15.30.jpeg
Logo PROFID2.jpg
Logo PROFID.jpg
visitem.jpg